Está melhor é um facto! Há muito que queria partilhar o meu testemunho pessoal por aqui, sobretudo porque sei que tal como eu, são muitas as pessoas que se sentem inseguras devido ao aspecto do cabelo ou pela falta dele. Basta-me olhar para fotografias de há dois, três anos atrás para perceber que está mais forte, mais encorpado e volumoso, o que é um enorme alívio para mim porque sempre pensei que com a idade a tendência fosse para piorar. A razão deve-se a um sem número de factores que hoje partilho aqui convosco, até porque acredito que a minha experiência pode ajudar ou até mesmo alertar caso seja um problema hormonal. Mas vamos por partes porque este post vai ser longo…

#1 Uma rotina coerente ou seja, parar de experimentar produtos novos a cada mês e manter-me fiel aquilo que me foi recomendado.

Ao longo dos últimos dois anos que utilizo praticamente os mesmos produtos, todos eles indicados para o meu problema – cabelo fino e oleoso, com pouca densidade, lavagens regulares devido aos treinos frequentes. Os champôs são da Kérastase – o Bain Micellaire da Aura Botânica numa fórmula mais pura indicado para lavagens frequentes, combinado com o champô Densifique para ajudar no problema da densidade – ao longo da semana alterno entre um e outro. Champô seco naqueles dias em que não o lavo, tenho estado a usar champô seco da Klorane e confere tudo aquilo que li sobre ele, é eficaz a remover a oleosidade sendo apenas necessária uma boa escovagem para sair o efeito do pó. Uma a duas vezes por semana faço hidratação, sendo que estou fã das máscaras portáteis da Davines Circle Chronicles – uma marca de nicho fortíssima em cuidados capilares, feita a partir de ingredientes naturais e  sem parabenos – que levo sempre comigo na mala do ginásio.

Importante referir que uma vez por mês corto as pontinhas e aproveito também para fazer o choque de keratina no Lúcia Piloto Cabeleireiros, o único sítio onde confio o meu cabelo.

#2 Um brushing bem feito faz toda a diferença. E no meu caso uma simples mudança de escova foi um belo upgrade.

Há uns meses atrás perdi a minha velhinha escova numa viagem. Já devia ter perto de uns 15 anos, nem era nada de especial, mas desempenhava o seu trabalho e metia o cabelo em ordem. Ao passar por uma loja de produtos profissionais de cabeleireiro perto do meu trabalho, lembrei-me que precisava mesmo de comprar uma nova e trouxe esta termix evolution, especialmente indicada para cabelos finos. Foi das melhores compras que fiz nos últimos tempos, pois para além de deixar o cabelo direitinho dá também aquele ar de quem acabou de sair do cabeleireiro sabem… antes do brushing aplico sempre a Espuma Densifique da Kérastase junto ao couro cabeludo para dar volume e um pouco do L’Incroyable Bowdry nos comprimentos para proteger do calor – e só com estes três eu consigo “O” brushing. É o meu trio vencedor.

#3 E por fim, a regulação hormonal, quem nunca ouviu falar que a culpa é das hormonas para quase todos os problemas femininos?

Verdade, verdadinha e por mim falo já que tem sido uma experiência e pêras. Há cerca de um ano deparei-me com uma série de mudanças no meu corpo sendo uma delas uma queda abrupta de cabelo. Mudança de estação pensei eu e pensamos todas nós quando nos acontece algo do género.

Wrong… foi numa consulta de regulação hormonal que descobri ter uma disfunção na tiróide que me provocava coisas tais como cansaço extremo, falhas de memória, tensão baixa e claro, queda de cabelo. Fui diagnosticada com hipotiroidismo e desde então estou a fazer um tratamento para equilibrar os meus níveis hormonais.

Nunca, mas nunca pensei que elas tivessem uma função tão importante no nosso corpo e desde que estou a ser seguida que me sinto melhor a todos os níveis, daí o meu alerta. Procurem um endocrinologista ou especialista em regulação hormonal e peçam análises específicas para perceber se algo se passa, mais que não seja para despiste caso tenham algum destes sintomas. Infelizmente são cada vez mais os casos de disfunção da tiróide entre as mulheres e quantos mais cedo descobrirem melhor, até porque conseguem facilmente controlá-la com a medicação adequada.

2 comentários

  1. Olá!
    Venho aqui reforçar a tua mensagem em relação à tiróide. Na minha vida há certamente um “antes” e “depois” do diagnóstico da tiróide. Como tu, não fazia ideia da importância da tiróide e penso que se não fosse a minha mãe a sugerir que eu fizesse análises à tiróide, eu andaria sem saber o que há de errado comigo até hoje, porque os sintomas (ganhar peso, problemas de memória etc etc) podem ser atribuídos a mil e uma coisas. Por isso aproveito sempre que posso e tento passar a mensagem para que mais pessoas sejam sensibilizadas.

    E por falar em Kérastase, uso a máscara Densifique e é muito boa. E só é preciso usar uma quantidade mínima de produto para cobrir os fios 🙂 Mas ao contrário de ti ainda não tenho uma rotina consistente porque gosto muito de experimentar coisas novas.

    Beijinhos

    1. Olá Joana, obrigada pelo teu feedback que é super importante – não estou sozinha nesta luta, há que chamar a atenção das pessoas para o problema. 🙂 Também já usei essa máscara e de facto dura uma vida. Beijinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*